quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

6. Dia Circuito Vale Europeu Alto dos Cedros a Palmeiras

Dia de chuva vale a pena pedalar?
Logo cedo estava torcendo que o clima de umidade da serra fosse passar e o roteiro seguisse normalmente.

Mas já saindo pro café a chuva começava e nem o retorno de barco pelo lago seria possível. A decisão do grupo então foi fazer um transfer para Palmeiras, mas antes teríamos que ir a Rio dos Cedros numa bicicletaria para consertar a roda do Alan e colocar um pneu novo. Almoçamos por lá e subimos a serra para localidade de Palmeiras, no caminho o Rio Milanês que encontraríamos no dia seguinte. Nessa subida me chamou a atenção os condutos forçados que trazem a água para as turbinas das usinas na região, vinda das represas que conhecemos em Alto dos Cedros e Palmeiras. Eu estava em dúvida quanto a pousada Palmeiras, de tanto que falaram e escreveram na internet.
Na chegada no restaurante e pousada Palmeiras deixamos nossas coisas, montamos as bicicletas e aproveitamos que a chuva parou e fizemos 7,5 km no sentido oposto que seria a chegada de Alto dos Cedros, para algumas fotos também.
A noite no jantar fiquei procurando a tal da Fukafuka na prateleira do balcão. O rapaz lá disse que é uma bebida ruim, de raiz forte e ninguém pede. Pude ver pela garrafa sem abrir. Mas se na cachoeira Véu da Noiva não tinha porque consumiram tudo, porque seria tão ruim? Não valia a pena abrir para uma pessoa. O rapaz então ofereceu uma batida de maracujá tipo aquelas dos restaurantes de Santa Felicidade - Ctba.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...