domingo, 26 de janeiro de 2014

Retorno a Santiago, 1. dia e Viña Undurraga


painel na entrada da estação do metrô Bellas Artes


Saindo de Púcon na sexta-feira a noite depois da tentativa de subir o vulcão Villarica no ônibus das 21:30 h, cheguei no Terminal Estação Central ou San Borja as 08:00 h de sábado. De lá peguei o metrô até a estação Baquedano que fica perto da praça Bustamante e caminho para o hostel Almenas no bairro Providência em Santaigo.

Era cedo e só liberariam a entrada no hostel as 12:30 h. eu resolvi tomar um café ali mesmo, deixar a bagagem em custódia e fazer uma caminhada para conhecer primeiramente o museu Bellas Artes onde fiquei por 01 hora. Ainda era cedo para voltar, foi então que resolvi ir até o cerro Santa Lucia que também é um dos parques da cidade. Depois disso tudo acabei retornando as 13 horas para o hostel.

Cerro Santa Lucia
Almoço e descanso para no final da tarde ir ao cerro San Cristóbal o principal parque metropolitano, tão comentado pelo amigo Gilson. A subida ao cerro foi através de um ascensor que faz uma parada no zôo e depois no santuário. Precisava economizar tempo para a subida bem como energias depois da viagem de ônibus na noite anterior. Também porque estava prevendo uma subida de bicicleta nos próximos dias.

vista para o lado sudeste de Santiago a  partir do santuário no cerro sSn Cristóbal
Depois de ficar um tempo no santuário comecei a descer a pé, onde no caminho parei para a bebida tradicional o mote con huesillios. Segui até uma praça da infância onde tem uns instrumentos musicais para para crianças (e adultos que já foram) e desci até a saída Valdivia. tava em dúvida se pegava um ônibus ou se eu iria até o metrô. Resolvi voltar caminhando em paralelo a avenida e o rio Mapocho passando pela plaza das Artes, plaza la Aviacion até a Plaza Itália. Foi um dia e tanto de caminhadas para quem tinha viajado de ônibus durante a noite anterior.

Fotos do dia do retorno a Santiago


2. Dia - Domingo na Viña Undurraga



Adiantei a minha ida a Viña Undurraga na programação da semana. Eu teria que chegar lá as 10 horas da manhã. Acordei cedo e saí depois do café as 08 horas até a Estação Central ( San Borja). Lá peguei o ônibus Flota Talagante (nome da localidade) as 08:30 h e as 09:00 horas estava no portão da Undurraga, ou seja 01 hora adiantado por causa do eficiente sistema de transporte santiaguino.


As 10 horas começou a visita guiada por um mexicano, tudo em espanhol. Acredito que em inglês os termos técnicos passariam desapercebido.

O guia contou que são 15 milhões de litros de vinho produzidos, sendo que 30% fica no Chile e os demais são exportados para Europa e Ásia. O Brasil não recebe os vinhos dessa marca. Depois das provas acabei comprando 02 Pinot Noir que custaram 19 dólares cada.

Fotos do domingo na Viña Undurraga


Depois da visita a Undurraga, segui a dica de almoçar na região. Fui me informando, peguei dois ônibus para almoçar no Kuchen Hauss que fica perto do Cruze de Loquen.


Depois voltei para hostel e descansei para a noite ir jantar no Costanera Center, que dizem ser o maior shopping da América do Sul. Pelas fotos feitas no Cerro San Cristóbal o prédio dele aparece várias vezes.

Prédio do Costanera Center a esquerda visto do Cerro San Cristóbal e a cordilheiura atrás

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...