domingo, 17 de janeiro de 2010

2. Dia Circuito Vale Europeu Pomerode a Indaial-SC


E estamos no 2. dia do circuito com saída de Pomerode. Como havia comentado no blog anterior ficamos em Indaial-SC por causa da confusão na casa, mas as bicicletas estavam lá nos esperando. Como será pedalar mais 40,9 km depois do 1. dia?
Na chegada ao portal sul de Pomerode havia o serviço ao turista e pegamos o 2. carimbo do passaporte. Tiramos fotos vestidos de aletibano = alemão + curitibano. E fomos buscar as bicicletas.
O segundo dia começava próximo do portal norte seguindo para localidade de Wunderwald, já no começo notei um som estranho na mata, uns roncos altos e fortes. Só pode ser Bugio. Mas estava longe para vê-los.
No mais foram os detalhes das casas e da paisagem local. Numa parada que fizemos antes de outra localidade o Mulde, fomos num bar e mercearia para comprar água gelada, o dia estava bem quente. Lá tinha uma cancha de bocha com alguns senhores aguardando. Mas o quê? Adversários. E nos convidaram para uma partida. Como era meio do percurso e ainda não sabíamos o que vinha pela frente, não foi possível apostar umas "beras". Mas que eles insistiram. Seguimos para o próximo morro.
No final um percurso de descida antes da divisa com Indaial. Como a descida era forte, passamos batido um ponto de um engenho de farinha, que é de visitação, lembro de uma curva derrapando e valeta, quase. Na chegada num trevo ou um T, á direita segue para o Morro Azul ponto alto da localidade a uns 7 km e a esquerda Indaial (precisa corregir a planilha do circuito). Faltando 1 hora de percurso despencou uma chuva que nos acompanhou até a chegada na ponte dos arcos de Indaial. Taí o porquê, de não ter muitas fotos desse dia, mas seguem estas abaixo.



Chegando no hotel lavação de roupa.Depois comer numa saída de Indaial, perto de um bar muito frequentado o Marechal. Ao estacionar foi engraçado, o dono do retaurante, um gaúcho, já veio avisando, "não pode estacionar, porque aqui é do restaurante", e nós "sim a gente pode ir no restaurante?", o homem ficou sem jeito. E aí pedimos a famosa "La Minuta" [Do fr. à la minute, no mesmo instante, imediatamente.] Substantivo feminino. Nos restaurantes, prato que se prepara no momento, no minuto. À minuta: Preparado no momento (prato, refeição).


Um comentário:

Mafra biker disse...

Muito bom seu blog, estava lendo, pois vou agora para o VE e toda informação pode ser útil. Tenho algumas informações sobre viagens no site:
guiadoviajante.com

Roberto Mafra - Niterói - RJ

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...